terça-feira, 5 de outubro de 2010

Comentário sobre os comentários


Caros amigos e leitores

Estou muito feliz pela positiva repercussão do artigo publicado no post anterior, não apenas entre os evangélicos, mas entre muitos outros que se identificaram com as idéias contidas no texto, independente de bandeiras e crenças religiosas.

O número de acesso ao Bloguilhéu nestes dois dias triplicou, e além dos vários comentários no próprio blog, recebi uma grande quantidade de e-mails de muitas pessoas comunicando-me que o texto estava sendo reenviado às suas listas de contato. 

Agradeço a todos pelas belas palavras de estímulo escritas nos comentários.

Quero comentar a ótima contribuição do Wolney, dizendo que sim, concordo plenamente que a boataria extrapola as portas das igrejas evangélicas e alcançam os mais diferentes lugares e credos, o que deve entristecer qualquer cidadão que tenha o mínimo de consciência ética.

Fico honrado em saber que este texto está sendo copiado e enviado adiante, o que obviamente muito me alegra.

Quem sabe - não custa sonhar - com estas palavras sendo espalhadas por aí, pessoas possam ouvir o murmúrio de uma brisa suave trazendo mudanças, abrindo-lhes os olhos e dando coragem para sair de suas cavernas de alienação e inércia, como Elias no Monte Horebe (1 Reis 19). 

Reconheço - sou realista - que o texto está longe de obter a mesma força e velocidade de um boato mal intencionado, mas ao menos pode servir como um singelo sinal de que ainda há nesta terra muitos cujos joelhos não se dobraram diante de determinados altares.

2 comentários:

patriciabackes disse...

Encaminhei o texto anterior para todos os meus contatos. Apenas 1 respondeu. Mas tenho certeza de que pelo menos metade leu. Beijos!

jd disse...

Se 1 respondeu, já estamos no lucro hehehe... vamos combinar aquela visitinha aí em Blumenau, com certeza! beijão